Production
https://prod.org.br/article/doi/10.1590/S0103-65132014005000013
Production
Article

Proposta de um modelo de gestão integrada da cadeia de suprimentos: aplicação no segmento de eletrodomésticos

Proposal of an integrated management model for supply chain: application in home appliances segment

Santos, Reinaldo Fagundes dos; Alves, João Murta

Downloads: 2
Views: 1190

Resumo

O espectro da competitividade entre as organizações manufatureiras, numa economia cada vez mais globalizada, já não se limita ao jogo de forças entre as organizações concorrentes, mas acontece de fato entre cadeias de suprimentos. Entretanto, os atuais modelos de gestão da cadeia de suprimentos não vêm cumprindo seu papel, havendo grande disparidade entre os potenciais benefícios e a prática. O presente trabalho tem como objetivo propor um modelo de SCM e seu método de implementação, visando aumentar a capacidade de resposta ao mercado consumidor das empresas manufatureiras. O modelo proposto utiliza os conceitos da Manufatura Enxuta, da Teoria das Restrições e do modelo SCOR em um ambiente de Tecnologia da Informação e Comunicação. São aplicados também os conceitos do Triple Bottom Line na busca da sustentabilidade. A avaliação de sua eficácia é feita através de uma aplicação no segmento de eletrodomésticos, permitindo sugerir a ampliação do escopo de sua utilização.

Palavras-chave

Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos (SCM). Teoria das Restrições (TOC). Manufatura Enxuta (Lean). Supply Chain Operations Reference (SCOR). Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

Abstract

The competitiveness among manufacturing organizations in an increasingly global economy is no longer limited to the competition among organizations, although such competition can occur between supply chains. However, the current models of supply chain management (SCM) are not fulfilling their role, and there is great disparity between potential benefits and practice. The goal of this paper is to propose a model for SCM and its implementation method to increase responsiveness to consumer market manufacturing companies. The proposed model uses the concepts of lean manufacturing, the theory of constraints and the SCOR model in an information and communication technology environment. The triple bottom line concept is also applied to promote sustainability. An evaluation of the model’s effectiveness is performed by applying it to the home appliances segment and supports the expansion of its future applicability.

Keywords

Supply Chain Management (SCM). Theory of Constraints (TOC). Lean Manufacturing (lean). Supply-Chain Operations Reference (SCOR). Information and Communication Technology (ICT).

References

Ballou, R. H. (2006). The evolution and future of logistics and supply chain management. Produção, 16(3), 375-386. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-65132006000300002

Bandeira, R. A. M., & Maçada, A. C. G. (2008). Tecnologia da informação na gestão da cadeia de suprimentos: o caso da indústria gases. Produção, 18(2), 287-301.

Catalisa. (2010). O Conceito de Sustentabilidade e Desenvolvimento Sustentável. Retrieved from http://www.catalisa.org.br/site/index.php?option=com_content&view=article&id=30& Itemid=59.

Coelho, L. C., Follmann, N., & Rodriguez, C. M. T. (2009). O impacto do compartilhamento de informações na redução do efeito chicote na cadeia de suprimentos. Gestão & Produção, 16(4), 571-583. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-530X2009000400007

Cooper, M. C., Lambert, D. M., & Pagh, J. D. (1998). Supply Chain Management: Implementation Issues and Research Opportunities. International Journal of Logistics Management, 9(2), 1-19. http://dx.doi.org/10.1108/09574099810805807

Disney, S. M., & Towill, D. R. (2003). The effect of vendor managed inventory (VMI) dynamics on the Bullwhip Effect in supply chain. International Journal of Production Economics, 85, 199-215. http://dx.doi.org/10.1016/S0925-5273(03)00110-5

Fioriolli, J. C., & Fogliatto, F. S. (2009). Modelagem do Efeito Chicote em ambientes com demanda e lead time estocásticos mediante uma nova política de tratamento dos excessos de estoque. Produção, 19(1), 27-40.

Hirschheimer, F. S. (2009). A Integração e o Uso do Sistema Puxado no Planejamento das Cadeias de Suprimentos. In Anais do Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais, São Paulo. 15 p.

Hudson, S. (2004). The SCOR Model for Supply Chain Strategic Decisions. Supply-Chain Council. Retrieved from http://scm.ncsu.edu/public/facts/facts041027.html.

Greef, A. C., & Freitas, M. C. D. (2012). Fluxo enxuto de informação: um novo conceito. Perspectivas em Ciência da Informação, 17(1), 37-55.

Kleindorfer, P. R., Singhal, K., & Wassenhove, L. N. V. (2005). Sustainable Operations Management. Production and Operations Management, 14(4), 482-492.

Lages, R. T. S., Lages, R. T. S., & França, S. L. B. (2010). Indicadores de Desempenho com o Conceito do Triple Bottom Line e Metodologia do Balanced Scorecard. In Anais do Congresso Nacional de Excelência em Gestão, Niterói. 18 p.

Lambert, D. M. (2010). Customer Relationship Management as a Business Process. Journal of Business & Industrial Management, 25(1), 4-17. http://dx.doi.org/10.1108/08858621011009119

Low, C., Chen, Y., & Wu, M. (2011). Understanding the determinants of cloud computing adoption. Industrial Management & Data Systems, 111(7), 1006-1023. http://dx.doi.org/10.1108/02635571111161262

Martins, F. C. (2011). Gestão da Cadeia de Suprimentos: Aprimoramento da Metodologia de Diagnostico e Proposição de um Método para Implantação baseado em Processos de Negócio. In Anais do Congresso de Iniciação Científica UNIMEP, Piracicaba. 5 p.

Melo, D. C., & Alcântara, R. L. C. (2011). A gestão da demanda em cadeia de suprimentos: uma abordagem além da previsão de vendas. Gestão & Produção, 18(4), 809-824. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-530X2011000400009

Miguel, P. A. C. (2007). Estudo de caso na engenharia de produção: estruturação e recomendações para sua condução. Produção, 17(1), 216-229. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-65132007000100015

Miguel, P. A. C., Fleury, A., Mello, C. H. P., Nakano, D. N., Turrioni, J. B., Ho, L. L., Morabito, R., Martins, R. A., & Pureza, V. (2010). Metodologia de Pesquisa em Engenharia de Produção e Gestão de Operações. Rio de Janeiro: Elsevier.

Oliveira, A. L. P., & Silveira, M. A. P. (2010). ERP in the Production Area: User’s Opinions about Needs Being Met. Journal of Information Systems and Technology Management, 7(3), 517-544. http://dx.doi.org/10.4301/S1807-17752010000300002

Oliveira, L. R., Medeiros, R. M., Terra, P. B., & Quelhas, O. L. G. (2012). Sustentabilidade: da evolução dos conceitos à implementação como estratégia nas organizações. Produção, 22(1), 70-82. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-65132011005000062

Pedroso, M. C., & Swicker, R. (2007). Sustentabilidade na Cadeia Reversa de Suprimentos: um Estudo de Caso do Projeto Plasma. Revista de Administração USP, 42(4), 414-430.

Perales, W. J. S., Lima, G. M., & Mitzcun, G. B. (2008). Aplicação do VMI à um Modelo de Gestão Integrada de Estoques em um Órgão Público. In Anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Rio de Janeiro.

Pereira, C. R., Melo, D. C., Costa, M. A. B., & Alcântara, R. L. C. (2010). A Gestão da Demanda em uma Cadeia de Suprimentos Emergente: o Caso de um Frigorífico de Peixe do Estado de São Paulo. In Anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção, São Carlos.

Pereira, P. L. P., & Cruz, M. M. C. (2007). A SA-8000 como Ferramenta de Gestão da Responsabilidade Social Empresarial. In Anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Foz do Iguaçu. 11 p.

Pergher, I., Rodrigues, L. H., & Lacerda, D. P. (2011). Discussão teórica sobre o conceito de perdas do Sistema Toyota de Produção: inserindo a lógica do ganho da Teoria das Restrições. Gestão & Produção, 18(4), 673-686. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-530X2011000400001

Pires, S. R. I. (2009). Gestão da cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management): Conceitos, Estratégias, Práticas e Casos. São Paulo: Atlas.

Santos, A. C., & Forcellini, F. A. (2012). As relações do projeto de produtos com a cadeia de suprimentos: um estudo de caso no setor de eletrodomésticos. Produção, 22(3), 534-548.

Santos, R. F. (2010). Proposta de um Modelo de Gestão Integrada da Cadeia de Suprimentos: Aplicação no Segmento de Eletrodomésticos (Tese de doutorado). Instituto Tecnológico de Aeronáutica, São José dos Campos.

Santos, R. S., Marins, F. A. S., Alves, J. M., & Moellmann, A. H. (2010). A Real Application of Theory of Constraints to Supply Chain Management in Brazil. Brazilian Journal of Operations & Production Management, 7(2).

Sellitto, M. A., & Mendes, L. W. (2006). Avaliação comparativa do desempenho de três cadeias de suprimentos em manufatura. Produção, 16(3), 552-568. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-65132006000300015

Scor 9.0. (2009). Supply-Chain Operations Reference-Model. Supply-Chain Council. Retrieved from http://www.supply-chain.org.

Souza, F. B. (2005). Do OPT à Teoria das Restrições: avanços e mitos. Produção, 15(2), 184-197.

Srinivasan, M. M., Srinivasan, T., & Choi, E. W. (2005). Build and Manage a Lean Supply Chain. Industrial Management, 47(5), 20-25.

Stéen, J. (2006). Improving Supply Chain Management with Advanced Planning and Scheduling: Effects and possibilities with an international perspective (Master’s thesis). Linköping Institute of Technology, Linköping. 90 p.

Taylor, D. A. (2005). Logística na Cadeia de Suprimentos. São Paulo: Pearson Education do Brasil.

Walter, O. M. F. C., & Zvirtes, L. (2008). Implantação da Produção Enxuta em uma Empresa de Compressores de Ar. In Anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Rio de Janeiro.

Womack, J. P., & Jones, D. T. (2004). Enxergando o Todo: mapeando o fluxo de valor estendido. São Paulo: Lean Institute Brasil.
5883a4507f8c9da00c8b4893 production Articles
Links & Downloads

Production

Share this page
Page Sections