Production
https://prod.org.br/article/doi/10.1590/S0103-65132014005000010
Production
Article

Avaliação da contribuição de aglomerados produtivos para o desenvolvimento local no estado do Rio de Janeiro

Measurement of industrial clusters' contributions to local development in the state of Rio de Janeiro

Olivares, Gustavo Lopes; Dalcol, Paulo R. T.

Downloads: 0
Views: 811

Resumo

A dinamização de vocações econômicas locais e regionais através da estruturação de aglomerados produtivos tem sido amplamente reconhecida como fator de aceleração do processo de desenvolvimento da economia fluminense. O interesse por essa configuração organizacional, especialmente entre empresas de pequeno porte, vem aumentando significativamente, caracterizando-se como um dos temas principais nas agendas de pesquisa de instituições públicas e privadas. Essas empresas geograficamente concentradas em torno de atividades econômicas e impelidas por um processo de desintegração vertical ocorrido após a Segunda Guerra Mundial transformaram-se em um poderoso instrumento de desenvolvimento local, contribuindo assim com sua parcela para a geração de emprego, renda e qualidade de vida. Este trabalho tem como objetivo avaliar a contribuição dos aglomerados produtivos para o desenvolvimento local no estado do Rio de Janeiro.

Palavras-chave

Aglomerados produtivos. Desenvolvimento local. Organização industrial

Abstract

The dynamism of local and regional economic vocation based on the cluster structure has been widely recognized as an acceleration factor having a major impact on the economic development process in Rio de Janeiro State. The interest in this industrial configuration, especially among small enterprises, has been increasing sharply and has become one of the leading topics of research among public and private institutions. Such a configuration involves small enterprises that are geographically concentrated around economic activities and emerged from the vertical disintegration process that occurred after the Second World War to become a powerful tool applied to local development, contributing in part to employment and quality of life. The goal of this study was to measure the contribution of industrial clusters to local development in Rio de Janeiro State.

Keywords

Industrial clusters. Local development. Industrial organization

References



Amato Neto, J. (2000). Redes de cooperação produtiva e clusters regionais: oportunidades para as pequenas e médias empresas. São Paulo: Atlas.

Audretsch, D. B. (1988). Agglomeration and the location of innovative activity. Oxford Review of Economic Policy, 14, 2.

Brasil, Ministério do Trabalho e Emprego. (2010a). Relação Anual de Informações Sociais - RAIS. Brasília: RAIS. Retrieved from http://www.rais.gov.br.

Brasil, Ministério do Trabalho e Emprego. (2010b). Relação Anual de Informações Sociais - RAIS. Programa de Disseminação das Estatísticas do Trabalho. Brasília: RAIS/ MTE. Retrieved from http://portal.mte.gov.br/portal-pdet.

Britto, J., & Albuquerque, E. M. (2002). Clusters industriais na economia brasileira: uma análise exploratória a partir de dados da RAIS. Estudos Econômicos, 32(1), 71-102.

Cassiolato, J. E., & Szapiro, M. (2003). Proposição de políticas para a promoção de sistemas produtivos locais de micro, pequenas e médias empresas: Arranjos e sistemas produtivos locais no Brasil. Rio de Janeiro: Instituto de Economia, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA. (2009). Retrieved from http:// http://www.ipea.gov.br/portal/.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas - IBGE. (2010). Retrieved from http://www.ibge.gov.br/home.

Krugman, P. (1998). What's new about the new economic geography? Oxford Review of Economic Policy, 14,2. http://dx.doi.org/10.1093/oxrep/14.2.7

Olivares, G. L. (2011). Avaliação da contribuição de aglomerados produtivos para o desenvolvimento local no estado do rio de janeiro (Tese de doutorado). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

Porter, M. E. (1998). Clusters and the new economics of competition. Harvard Business Review.

Redesist. (2011). Rede de pesquisa em sistemas produtivos e inovativos locais. Retrieved from www.ie.ufrj.br/redesist.

Schmitz, H. (1994). Collective efficiency: growth path for small-scale industry. Brighton: IDS.

Scott, A. (1988). The geographic foundations of industrial performance. In A. Handler Junior, P. Hagstrom & O. Solvell, (Eds.), The Dynamic Firm: The Role of Technology, Organization and Regions (chapt. 16). Oxford: Oxford University Press.

Suzigan, W., Furtado, J., Garcia, R., & Sampaio, S. E. K. (2003). Aglomerações industriais no Estado de São Paulo. Economia Aplicada, 5(4), 698-717.
5883a44e7f8c9da00c8b488d production Articles
Links & Downloads

Production

Share this page
Page Sections