Production
https://prod.org.br/article/doi/10.1590/S0103-65132013005000073
Production
Article

Uma análise exploratória do financiamento público à interação universidade-empresa no Brasil

An exploratory assessment of public financing of university - industry cooperation in Brazil

Alves, Alex da Silva; Pimenta-Bueno, José Antonio

Downloads: 0
Views: 725

Resumo

O artigo explora o tema do financiamento do esforço de inovação das empresas por meio de parcerias com institutos de ciência e tecnologia, os quais, juntos, formam um importante indutor de políticas de fomento à inovação. No caso brasileiro, a combinação dos recursos de fomento federais e estaduais e a infraestrutura montada nas ICTs nas últimas décadas participam na consolidação desse esforço. O artigo traz reflexões sobre a interação universidade-empresa para a inovação a partir de uma survey realizada junto a ICTs e empresas participantes de um programa nacional de fomento entre 2002 e 2007, intitulado Coopera. Este artigo busca elucidar esses e outros aspectos da natureza da relação criada pelo Coopera. Embora se reconheçam os avanços alcançados, a análise sugere que o programa ainda não logrou estabelecer a qualidade e a periodicidade do relacionamento de que depende o esforço continuado de inovação no meio empresarial brasileiro.

Palavras-chave

Instituições de ciência e tecnologia. Política de ciência e tecnologia. Relação universidade-empresa

Abstract

O artigo explora o tema do financiamento do esforço de inovação das empresas por meio de parcerias com institutos de ciência e tecnologia, os quais, juntos, formam um importante indutor de políticas de fomento à inovação. No caso brasileiro, a combinação dos recursos de fomento federais e estaduais e a infraestrutura montada nas ICTs nas últimas décadas participam na consolidação desse esforço. O artigo traz reflexões sobre a interação universidade-empresa para a inovação a partir de uma survey realizada junto a ICTs e empresas participantes de um programa nacional de fomento entre 2002 e 2007, intitulado Coopera. Este artigo busca elucidar esses e outros aspectos da natureza da relação criada pelo Coopera. Embora se reconheçam os avanços alcançados, a análise sugere que o programa ainda não logrou estabelecer a qualidade e a periodicidade do relacionamento de que depende o esforço continuado de inovação no meio empresarial brasileiro.

Keywords

Science and technology institutions. Science and technology policy. University - industry cooperation

References



AGHION, P.; DEWATRIPONT, M.; STEIN, J. Academic freedom, private sector focus, and the process of innovation. Rand Journal of Economics, v. 39, p. 617-635, 2008.

ANTONELLI, C. The Microeconomics of Technological Systems. Oxford: Oxford University Press, 2001.

BOTELHO, A. J. J.; ALMEIDA, M. Overcoming institutional shortcomings for academic spin-off policies in Brazil. International Journal of Technology Management Sustainable Development, v. 9, n. 3, p. 175-193, 2010. http://dx.doi.org/10.1386/tmsd.9.3.175_1

BOTELHO, A. B.; PIMENTA-BUENO, J. A. Financiando as Relações entre a Universidade e a Indústria na América Latina: um apoio às universidades ou estímulo à inovação? In: SCHWARTZMAN, S. (Ed.). Universidades e Desenvolvimento na América Latina: experiências exitosas de centros de pesquisas. Rio de Janeiro: Centro Edelstein de Pesquisas Sociais, 2009.

BRITTO, J. N. P. et al. Produtividade, Competitividade e Inovação na Indústria Brasileira. In: KUPFER, D.; LAPLANE, M. F.; HIRATUKA, C. (Org.). Projeto PIB vol. 4 - Perspectivas do Investimento no Brasil: Temas Transversais. Rio de Janeiro: Synergia, 2010. p. 297-341.

CARLSSON, B. et al. The Knowledge Filter, Entrepreneurship, and Economic Growth. Jena Economic Research Papers, 2007. v. 57.

CASSIOLATO, J. E.; LASTRES, H. M. M. Sistemas de inovação e desenvolvimento: as implicações de política. São Paulo em Perspectiva, v. 19, p. 34-45, 2005. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-88392005000100003

COELHO, R. B. M. Pesquisa e Pós-graduação: Perspectivas das agências de fomento para 2008-2011. In: REUNIÃO DO FÓRUM DE PRÓ-REITORES DE PESQUISA DA REGIÃO SUDESTE, 2007, Ouro Preto. Anais... Ouro Preto, 2007.

CRUZ, C. H. B.; MELLO, L. Boosting Innovation Performance in Brazil. OECD Economics Department, 2006. Working Papers, n. 532.

DEWATRIPONT, M.; STEIN, J. Academic Freedom, private-sector focus, and the process of innovation. RAND Journal of Economics, v. 39, p 617-635, 2008. http://dx.doi.org/10.1111/j.1756-2171.2008.00031.x

ETZKOWITZ, H. et al. The Future of the University and the University of The Future: evolution of ivory tower to entrepreneurial paradigm. Research Policy, v. 29, n. 2, p. 313-330, 2000. http://dx.doi.org/10.1016/S0048-7333(99)00069-4

FERNANDES, L. M. R. A FINEP e a Inovação nas Empresas. In: FÓRUM NACIONAL, 20., 2008, Rio de Janeiro. Anais... FINEP, 2008.

FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS - FINEP. Brasil Inovador. Rio de Janeiro: FINEP, 2008. Disponível em www.finep.gov.br/dcom/brasilinovador.pdf.

FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS - FINEP. Relatório de Gestão 2003-2006. Rio de Janeiro: FINEP, 2006.

FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS - FINEP. Relatório de Gestão 2004. Rio de Janeiro: FINEP, 2004.

GIULIANI, E. et al. Why do Researchers Collaborate with Industry? An analysis of the wine sector in Chile, South Africa and Italy. CREI, 2009. CREI Working Paper - Università di Roma Tre n.1. Disponível em: . Acesso em: 12 maio 2012.

LA ROVERE, R. L.; RODRIGUES, R. F. Outsourcing and Diffusion of Knowledge in ICT Clusters: A Case Study. In: PYKA, A.; FONSECA, M. G. D. Catching up, spillovers and Innovation Networks in a Schumpeterian Perspective. Berlin: Springer-Verlag, 2011. http://dx.doi.org/10.1007/978-3-642-15886-5_13

MATEI, A. P. et al. Avaliação da qualidade demandada e diretrizes de melhoria no processo de interação Universidade-Empresa. Produção, v. 22, n. 1, p. 27-42, 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-65132012005000002

MELO, L. M. Financiamento a Inovação no Brasil: análise da aplicação dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) e da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) de 1967 a 2006. Revista Brasileira de Inovação, v. 8, n. 1, p. 87-120, 2009.

MIGUEL, P. A. C. (Org.). Metodologia de Pesquisa em Engenharia de Produção e Gestão de Operações. Rio de Janeiro: Campus-Elsevier, 2012.

MONTOBBIO, F.; STERZI, V. Inventing Together: Exploring the Nature of International Knowledge Spillovers in Latin America. In: PYKA, A.; FONSECA, M. G. D. Catching up, spillovers and Innovation Networks in a Schumpeterian Perspective. Berlin: Springer-Verlag, 2011. http://dx.doi.org/10.1007/978-3-642-15886-5_5

MORELI, E. C. As contribuições do Fundo Verde-Amarelo para as Empresas Usuárias do Fundo. 2009. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção)-Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

NOGUEIRA, M. O.; KUBOTA, L. C.; MILANI, D. N. CT-INFO: uma visão a fundo. Revista Brasileira de Inovação, v. 10, n. 2, 2011.

PARANHOS, J.; HASENCLEVER, L. The Relevance of Industry-University Relationship for the Brazilian Pharmaceutical System of Innovation. In: PYKA, A.; FONSECA, M. G. D. Catching up, spillovers and Innovation Networks in a Schumpeterian Perspective. Berlin: Springer-Verlag, 2011. http://dx.doi.org/10.1007/978-3-642-15886-5_12

SAPIR, A. et al. An agenda for a growing Europe: making the EU economic system deliver. Economic Commission, Brussels, 2003.

SCHWARTZMAN, S.; BOTELHO, A.; ALVES, A. Brazil. In: SCHWARTZMAN, S. (Ed.). Universidades e Desenvolvimento na América Latina: experiências exitosas de centros de pesquisas. Rio de Janeiro: Centro Edelstein de Pesquisas Sociais, 2009.

TASSEY, G. The Economics of R D Policy. Quorum Books: Wespport, 1997.

VERMULUM, R.; HOLLANDA, S. Os novos instrumentos de apoio à inovação: uma avaliação inicial. Brasília: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento, 2008.

VILLA, A.; ANTONELLI, D. (Eds.). A Roadmap to the Development of European SMEs Networks: towards collaborative innovation. London: Springer-Verlag, 2009. http://dx.doi.org/10.1007/978-1-84800-342-2

WEBSTER, A. International Evaluation of Academic-Industry Relations: Context and Analysis. Science and Public Policy, v. 21, p. 72-78, Apr 1994.
5883a44b7f8c9da00c8b4883 production Articles
Links & Downloads

Production

Share this page
Page Sections