Production
https://prod.org.br/article/doi/10.1590/S0103-65132013005000009
Production
Article

Análise de preferência declarada para estudar a utilidade da produção de oleaginosas

Stated preference analysis to study the utility of oilseeds production

Guimarães Junior, Francisco Roberto F.; Freitas, Ana Augusta F. de; Guimarães, Luciana Gondim de A.; Primo, Marcos André M.; Machado, Márcio André V.

Downloads: 0
Views: 335

Resumo

O objetivo deste trabalho foi elaborar um modelo de análise de preferência de escolha discreta e analisar a oferta de oleaginosas com base em dados de Preferência declarada, visto que a lei n. 11.097/2005 fixa a obrigatoriedade da introdução do biodiesel na matriz energética brasileira, o que garante a sua demanda. A metodologia foi do tipo descritiva e survey. O universo desta pesquisa foi composto por pequenos e médios produtores rurais, totalizando 114 observações válidas. O modelo desta pesquisa foi quantitativo, utilizando a análise de preferência declarada para analisar os dados. Dentre os principais resultados do estudo, verificou-se que os atributos que têm maior importância são: o retorno econômico e a existência de boa assistência técnica rural. A decisão dos produtores rurais não considerou a variável Teor de óleo importante. Uma das sugestões é aplicar o mesmo estudo para outras cidades e outros estados brasileiros.

Palavras-chave

Logística. Oleaginosas. Biodiesel. Preferência declarada

Abstract

The aim of the present research was to perform a discreet choice preference analysis model and assess the oilseeds offer, through Stated Preference data, considering that the Brazilian Law 11.097/2005 establishes compulsory introduction of biodiesel in the Brazilian energy matrix, guaranteeing its demand. Descriptive survey methodology was used. The universe of this study comprised median and small national producers, adding up to a sample of 114 valid answered questionnaires. Quantitative model with Stated Preference Analysis of data treatment was used. Among the main results of this study, it was possible to verify that the most important attributes were economic return and existence of satisfactory national technical assistance. The variable extracted oil content is presented as unimportant to national producers' choice. A suggestion for further studies is the application of similar researches to other Brazilian cities and States.

Keywords

Logistic. Oilseeds. Biodiesel. Stated preference

References



ALVES, B. B. A importância da variabilidade do tempo de viagem no acesso terrestre a aeroportos: um estudo de caso do aeroporto internacional André André Franco Montoro. 2005. 160 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Transportes)-Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

ANTUNES, J.; SANTOS, E. S. Análise da Decisão. In: CORRAR, L. J.; TEÓPHILO, C. R. Pesquisa Operacional para decisão em contabilidade e administração: contabilometria. São Paulo: Atlas, 2009.

ARRUDA, J. B. F. Evaluation of Urban Transport Projects in Developing Countries: An Accessibility Approach. 1995. Thesis (Doctorate)-Institute for Transport Studies, School of Business and Economic Studies, The University of Leeds, United Kingdom,1995.

BEN-AKIVA, M.; LERMAN, S. Discrete Choice Analysis: theory and application to travel demand. 7th ed. Boston: MIT Press, 1985.

BENTHAN, J. An introduction to the principles of morals and legislation. Kitchener: Batoche Books, 1781. Disponível em: . Acesso em: 16 out. 2006.

BRANDÃO FILHO, J. E. Previsão de demanda por gás natural veicular: uma modelagem baseada em dados de preferência declarada e revelada. 2005. 274 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Transportes)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2005.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Agrário. BIODIESEL. Disponível em: . Acesso em: 02 nov. 2007.

BRASIL. Presidência da República. Lei nº 11.097. Dispõe sobre a introdução do biodiesel na matriz energética brasileira; altera as Leis nº 9.478, de 6 de agosto de 1997, nº 9.847, de 26 de outubro de 1999 e nº 10.636, de 30 de dezembro de 2002; e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 13 jan. 2005. Disponível em . Acesso em: 05 mar. 2008.

BRIGHAM, E. F.; EHRHARDT, M. C. Financial management: theory and practice. South-Western: Thomson Learning, 2002.

BRITO, A. N. Aplicação de um procedimento usando Preferência Declarada para a estimativa do valor do tempo de viagem de motoristas em uma escolha entre rotas rodoviárias pedagiadas e não pedagiadas. 2007. 185 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Transportes)-Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

CARMO, H. C. E.; DIAZ, M. D. M. Análise da base de dados e utilização de variáveis binárias (dummy). In: VASCOLCELOS, M. A. S.; ALVES D. Manual de econometria: nível intermediário. São Paulo: Atlas, 2000.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A. Metodologia científica: para uso dos estudantes universitários. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1983.

CHEN, K.; XIAO, T. Demand disruption and coordination of the supply chain with adominant retailer. European Journal of Operational Research, v. 197, p. 225-234, 2009. http://dx.doi.org/10.1016/j.ejor.2008.06.006

FREITAS, A. A. F. Modelagem comportamental dos decisores através de técnicas de preferência declarada: uma aplicação no setor imobiliário de Florianópolis–SC. 1995. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção)-Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1995.

GUIMARÃES, L. G. A. Tomada de decisão em investimentos na produção de oleaginosas para o setor de biodiesel, com foco na pequena e média empresa: uma abordagem de análises discriminante e fatorial. 2008. 122 f. Dissertação (Mestrado em Logística e Pesquisa Operacional)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2008.

HAAIJER, R.; KAMAKURA, W.; WEDE, M. Response latencies in the analysis of conjoint choice experiments. Journal of Marketing Research, v. 37, n. 3, p. 376-382, 2000. http://dx.doi.org/10.1509/jmkr.37.3.376.18775

HAGUE CONSULTING GROUP – HCG. Software ALOGIT 4.1 Licensed by FCPC Brasil. The Netherlands: HCG, 2004.

HAIR JUNIOR, J. F. et al. Análise Multivariada de dados. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

HENSHER, D. A. Stated preference analysis of travel choices: The state of practice. Transportation, V. 21, n. 2, p. 107-133, 1994.

KROES, E. P.; SHELDON, R. J. Stated preference methods: an introduction. Journal of Transport Economics and Policy, v. 22, n. 1, p. 11-25, 1988.

LOUVIERE, J. J.; HENSHER, D. A.; SWAIT, J. D. Stated Choice Methods: Analysis and Application. Cambridge: Cambridge University Press, 2000. http://dx.doi.org/10.1017/CBO9780511753831

MALHOTRA, N. K. Pesquisa de Marketing: Uma Orientação Aplicada. 4. ed. São Paulo: Bookman, 2006.

MENDES, R. A. Diagnóstico, Análise de Governança e Proposição de Gestão para a Cadeia Produtiva do Biodiesel da Mamona (CP/BDM): o Caso do Ceará. 2005. 159 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Transportes)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2005.

MORIKAWA, T. Incorporating stated preference data in travel demand analysis. 1989. Thesis (Doctorate)-Massachusetts Institute of Technology, Boston, 1989.

MONTGOMERY, D. C. Design and analysis of experiments. 5th ed. New York: John Wiley & Sons, 2001.

ORTÚZAR, J. D.; WILLUMSEN, L. G. Modelling Transport. 3rd ed. New York: John Wiley & Sons, 1994.

PEDRET, R.; SAGNIER, L.; CAMP, F. Herramientas para segmentar mercados y posicionar productos: análisis de información cuantitativa en investigación comercial. Barcelona: ED, 2000.

PERES, J. R. R.; BELTRÃO, N. E. M. Oleaginosas para biodiesel: situação atual e potencial. In: FERREIRA, J. R.; CRISTO, C. M. P. N. O Futuro da Indústria: Biodiesel. Brasília: Governo, 2006.

SENNA, L. A. S. User's Response to Travel Time Variability. 1994. Thesis (Doctorate)-Institute for Transport Studies, The University of Leeds, United Kingdom, 1994.

5883a4367f8c9da00c8b482f 1574685864 Articles
Links & Downloads

Production

Share this page
Page Sections