Production
https://prod.org.br/article/doi/10.1590/S0103-65132012005000029
Production
Article

Avaliação da qualidade de serviços de telefonia móvel: o impacto da nova lei dos callcenters

Kuba, Guilherme Henrique; Giraldi, Janaina de Moura E.; Pádua, Silvia Inês D. de

Downloads: 0
Views: 315

Resumo

Este trabalho teve como objetivo verificar o impacto inicial das recentes alterações na lei em um setor de serviço, aplicando a teoria das cinco dimensões da qualidade de serviços e analisando os principais problemas em uma perspectiva da gestão por processos. Foram coletadas e classificadas 2.932 reclamações realizadas contra uma grande operadora de telefonia móvel brasileira, mostrando a dimensão "confiabilidade" com o maior número de citações e a dimensão "tangíveis" com menos citações. Os resultados da comparação entre os períodos indicam aumento percentual significativo nas reclamações de clientes, principalmente nas dimensões "empatia" e "responsividade". Concluiu-se que esse aumento foi motivado pela maior conscientização dos consumidores quanto a seus novos direitos, indicando que eles se tornaram menos tolerantes quanto às deficiências do serviço. A pesquisa ampliou os resultados sobre o tema no setor de telecomunicações, considerando essa nova variável do contexto brasileiro, a lei dos callcenters

Palavras-chave

Qualidade de serviços. Dimensões da qualidade de serviços. Telefonia móvel.

References

ANDRADE, G. B.; VAITSMAN, J.; FARIAS, L O. Metodologia de elaboração do Índice de Responsividade do Serviço (IRS). Cadernos de Saúde Pública, v. 26, n. 3, p. 523-534, 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2010000300010

AMÉRICA MÓVIL. Annual Report 2008. Disponível em: http:// www.americamovil.com/docs/reports/eng/2008.html. Acesso em: 24 nov. 2009.

ANTONUCCI, Y. L. et al. Business process management common body of knowledge. version 2.0. Terre Haute: CreateSpace, 2009.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES ‑ TELEBRASIL. O desempenho do setor de telecomunicações no Brasil: Séries Temporais. TELEBRASIL, 2008a. Disponível em: http://www. telebrasil.org.br/saiba-mais/o_setor‑de‑telecomunicacoes_ no_brasil_2008_fev_29.pdf. Acesso em: 24 mar. 2009.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES - TELEBRASIL. O setor de telecomunicações no Brasil: uma visão estruturada. TELEBRASIL, 2008b. Disponível em: http://www.telebrasil. org.br/saiba-mais/O_Desempenho_do_Setor_de_ Telecom_- _S%C3%A9ries_Temporais_%203T08_dez_10_2008.pdf. Acesso em: 24 mar. 2009.

BATTAGLIA, D.; BORCHARDT, M. Análise do processo de recuperação de serviços a partir das reclamações dos clientes: estudo de caso em três organizações. Revista Produção, v. 20, n. 3, p. 455-470, 2010.

BATESON, J. E. G.; HOFFMAN, K. D. Marketing de serviços. 4. ed. Tradução de Lúcia Simonini. Porto Alegre: Bookman, 2001. 495 p.

BERRY, L. L.; PARASURAMAN, A.; ZEITHAML, V. A. Improving service quality in America: lessons learned; executive commentary. The Academy of Management Executive, v. 8, n. 2, p. 32-52, 1994. http://dx.doi.org/10.5465/ AME.1994.9503101072

BODET, G. Customer satisfaction and loyalty in service: two concepts, four constructs, several relationships. Journal of Retailing and Consumer Services, v. 15, p. 156-162, 2008. http://dx.doi.org/10.1016/j.jretconser.2007.11.004

BOONE, L. E.; KURTZ, D. L. Marketing contemporâneo. 8. ed. Rio de Janeiro: LTC, 1998. 564 p.

BRASIL. Decreto nº 6.523, de 31 de julho de 2008. Regulamenta a Lei nº 8.078, de 11 de setembro de 1990, para fixar normas gerais sobre o Serviço de Atendimento ao Consumidor - SAC. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 31 jul. 2008a. p. 8.

BRASIL. Ministério da Justiça. Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor - SINDEC. Cadastro nacional de reclamações fundamentadas: Relatório Analítico. SINDEC, 2008b. Disponível em: http://www.mj.gov.br/ services/DocumentManagement/FileDownload.EZTSvc. asp?DocumentID=%7BBDD49F1D-524A-434D-9603-A51 E6076ECAB%7D&ServiceInstUID=%7B7C3D5342-485C- 4944-BA65-5EBCD81ADCD4%7D. Acesso em: 20 abr. 2009.

BROWN, S. W.; SWARTZ, T. A. A gap analysis of professional service quality. Journal of Marketing, v. 53, n. 2, p. 92‑98, 1989. http://dx.doi.org/10.2307/1251416

CHIOU, J.-S.; DROGE, C. Service quality, trust, specific asset investment, and expertise: direct and indirect effects in a satisfaction-loyalty framework. Journal of the Academy of Marketing Science, v. 34, n. 4, p. 613-627, 2006. http:// dx.doi.org/10.1177/0092070306286934

COOPER, D. R.; SCHINDLER, P. S. Métodos de pesquisa em administração. 7. ed. Porto Alegre: Bookman, 2003. 640 p.

CORRÊA, J. H. A qualidade dos serviços em telecomunicações móveis: um estudo sobre as operadoras do Brasil e de Portugal. Braga: Universidade Fernando Pessoa, 2007. 14 p.

CRONIN JUNIOR, J. J.; TAYLOR, S. A. Measuring service quality: a reexamination and extension. Journal of Marketing, n. 56, p. 55-68, 1992. http://dx.doi.org/10.2307/1252296

CZINKOTA, M. R. Marketing: as melhores práticas. Tradução Carlos Alberto Silveira Netto Soares, Nivaldo Montingelli Junior. Porto Alegre: Bookman, 2001. 559 p.

EISINGERICH, A. B.; BELL, S. J. Perceived service quality and customer trust: Does enhancing customer´s service knowledge matter? Journal of Service Research, v. 10, n. 3, p. 256‑268, 2007. http://dx.doi.org/10.1177/1094670507310769

GHOBADIAN, A.; SPELLER, S.; JONES, M. Service quality: concepts and models. International Journal of Quality & Reliability Management, v. 11, n. 9, p. 43-66, 1993. http://dx.doi. org/10.1108/02656719410074297

GONÇALVES, J. E. L. As empresas são grandes coleções de processos. RAE - Revista de Administração de Empresas, v. 40, n. 1, p. 6-19, 2000.

GONZÁLEZ, L. S. et al. Measurement in business processes: a systematic review. Business Process Management Journal, v. 16, n. 1, p. 114-134, 2010. http://dx.doi. org/10.1108/14637151011017976

GRONROOS, C. Marketing: gerenciamento e serviços. 3. ed. Tradução de Arlete Simille Marques. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009. 440 p.

HOUY, C.; FETTKE, P.; LOOS, P. Empirical research in business process management - analysis of an emerging field of research. Business Process Management Journal, v. 16, n. 4, p. 619-661, 2010. http://dx.doi. org/10.1108/14637151011065946

JAISWAL, A. K. Customer satisfaction and service quality measurement in Indian call centres. Managing Service Quality, v. 18, n. 4, p. 405-416, 2008. http://dx.doi. org/10.1108/09604520810885635

JOHNSTON, R. The determinants of service quality: satisfiers and dissatisfiers. International Journal of Service Industry Management, v. 6, n. 5, p. 53-71, 1995. http://dx.doi. org/10.1108/09564239510101536

KALMUS, N. Estudo setorial Reclame Aqui: Setor: prestação de serviços. Segmento: Telefonia. Disponível em: . Acesso em: 20 dez. 2009.

KLEINHEMPEL, S.; NITCHI, S. I.; RUSU, L. Business process management in service-oriented companies. Informatica Economica, v. 14, n. 3, p. 189-198, 2010.

KOHLBACHER, M. The effects of process orientation: a literature review. Business Process Management Journal, v. 16, n. 1, p. 135-152, 2010. http://dx.doi. org/10.1108/14637151011017985

KUMAR, V. et al. Alternative perspectives on service quality and customer satisfaction: the role of BPM. International Journal of Service Industry Management, v. 19, n. 2, p. 176, 2008. http://dx.doi.org/10.1108/09564230810869720

LADHARI, R. Alternative measures of service quality: a review. Managing Service Quality, v. 18, n. 1, p. 65-86, 2008. http:// dx.doi.org/10.1108/09604520810842849 LAI, T. L. Service quality and perceived value´s impact on satisfaction, intention and usage of short message service (SMS). Information Systems Frontiers, v. 6, n. 4, p. 353-368, 2004. http://dx.doi.org/10.1023/B:ISFI.0000046377.32617.3d

LOPES, É. M. C. et al. A técnica da análise de conjuntura num estudo da preferência dos consumidores de telefonia celular. In: REUNIÃO DA REGIÃO BRASILEIRA DA SOCIEDADE INTERNACIONAL DE BIOMETRIA - RBRAS, 49., 2004, Uberlândia. Anais... Uberlândia, 2004.

LOVELOCK, C.; WRIGHT, L. Serviços: marketing e gestão. Tradução de Cid Knipel Moreira. São Paulo: Saraiva, 2004. 416 p.

MALHOTRA, N. K. Introdução à pesquisa de marketing. Tradução de Robert Brian Taylor. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005. 428 p.

McCOMACK, K. et al. A global investigation of key turning points in business process maturity. Business Process Management Journal, v. 15, n. 5, p. 792-815, 2009. http://dx.doi. org/10.1108/14637150910987946

MIGUEL, P. A. C.; SALOMI, G. E. Uma revisão dos modelos para medição da qualidade em serviços. Produção, v. 14, n. 1, p. 12-30, 2004.

MIGUELES, C. Pesquisa: por que administradores precisam entender disso? 2. ed. Rio de Janeiro: Editora E-papers, 2004. 156 p.

MUNSTERMANN, B.; ECKHARDT, A.; WEITZEL, T. The performance impact of business process standardization: An empirical evaluation of the recruitment process. Business
5883a3a77f8c9da00c8b45b5 1574685864 Articles
Links & Downloads

Production

Share this page
Page Sections