Production
https://prod.org.br/article/doi/10.1590/S0103-65132005000200003
Production
Article

Internacionalização comercial e produtiva na indústria de cosméticos: desafios competitivos para empresas brasileiras

Comercialization and productive internacionalization in the cosmetic industry: competitive challenges for brazilian firms

Garcia, Renato

Downloads: 0
Views: 278

Resumo

As formas de internacionalização produtiva têm ganhado importância crescente nas estratégias das grandes empresas de diversos setores. Na indústria de cosméticos, convergente com essa tendência geral, as grandes empresas têm procurado internacionalizar suas funções corporativas, em uma estratégia de busca de oportunidades de mercado em todo o mundo. Nesse contexto, este trabalho discute as formas de internacionalização das empresas de cosméticos, com o propósito de estabelecer um padrão de ação dessas organizações. Para isso, são investigados os dados do comércio internacional de produtos cosméticos e as estratégias de algumas das grandes empresas que atuam no mercado global. A partir das experiências das empresas internacionais, será possível extrair algumas implicações gerenciais que podem ser úteis para que as empresas brasileiras aumentem sua pequena participação no mercado internacional.

Palavras-chave

Indústria de cosméticos, internacionalização, competitividade

Abstract

The great companies on several industries are increasing their action in the international markets, not just even by selling globally their products, but also by foreign direct investments. In the cosmetic industry, in convergence with this general tendency, the big firms are increasing their international acting, in a strategy of looking for new market opportunities all around the world. In this way, this paper discusses the internationalization strategies of the cosmetic firms, with the objective to establish a standard of actions of the big firms. To do that, it is showed some data of the international trade of cosmetic products and the strategies of some of the big international firms that act in the global markets. By doing that, it will be possible to get some managerial implications to the Brazilian firms, in order to increase their small share in the international markets.

Keywords

Cosmetics industry, internationalization, competitive advantages

References



ANDERSEN, O. (1993). On the internationalization process of firms: a critical analysis. Journal of International Business Studies, v. 24, n. 2, p. 209-231.

CHESNAIS, F. A mundialização do capital. São Paulo: Xamã, 1996.

DWECK, R.H. A beleza como variável econômica: reflexo nos mercados de trabalho e de bens e serviços. Texto para discussão IPEA n.º 618, 1999.

DUNNING, J. The globalization of business. London: Routledge, 1993.

FURTADO, J.; VALLE, M.R. Globalização, estabilização e colapso da empresa nacional. In: Economia e Sociedade, n. 16, jun, 2001.

GARCIA, R.; FURTADO, J.; HIRATUKA, C.; SABATTINI, R; MATUSITA, A.P. Indústria de cosméticos: elementos para uma caracterização de sua estrutura e dinâmica com base num enfoque de cadeia produtiva. Campinas: IE/UNICAMP, 2000.

GARCIA, R.; FURTADO, J. A indústria de cosméticos — estudo de competitividade por cadeias integradas. São Paulo: EPUSP. Disponível em http://www.mdic.gov.br/cadeiasprodutivas/doc/31cosmeticosCompleto.PDF , 2002.

GONÇALVES, R. "A empresa transnacional". In: KUPFER, D.; HASENCLEVER, L. Economia Industrial: fundamentos teóricos e práticos no Brasil. Rio de Janeiro: Campus, 2002.

STURGEON, T. Modular production network: a new American model of industrial organization. Industrial and Corporate Change, n. 11, v. 3, 2002.

VIEIRA, S.P. O processo de internacionalização da indústria brasileira de cosméticos. Campinas: IE/UNICAMP (Relatório de iniciação científica apresentado à FAPESP), 2002.

5883a4027f8c9da00c8b4739 1574685864 Articles
Links & Downloads

Production

Share this page
Page Sections