Production
https://prod.org.br/article/doi/10.1590/S0103-65132001000100003
Production
Article

A utilização dos materiais no Design e a competitividade da indústria moveleira da região metropolitana de Curitiba: um estudo de caso

A utilização dos materiais no Design e a competitividade da indústria moveleira da região metropolitana de Curitiba: um estudo de caso

Teixeira, Joselena de Almeida; Cândido, Gesinaldo Ataíde; Abreu, Aline França de

Downloads: 0
Views: 209

Resumo

O trabalho faz uma análise da utilização dos domínios e estratégias do Design e a sua relação com a competitividade do segmento moveleiro da Região Metropolitana de Curitiba em função da utilização dos materiais na criação, desenvolvimento e implementação do Design. A operacionalização da pesquisa se realizou mediante um estudo de caso, tendo como suporte teórico as variáveis: Design, materiais e competitividade. Para estabelecer um padrão de relacionamento entre as variáveis foram levantados os fatores de sucesso da competitividade da referida empresa e analisados à luz dos padrões de concorrência praticados na indústria de móveis. Para conjectura de explicação do relacionamento entre competitividade e as outras duas variáveis, os dados obtidos na entrevista foram, na seqüência, expostos aos modelos; estratégias genéricas de Porter (1986) e estratégias do Design (1993). O resultado desta exposição nos possibilitou inferir que a empresa busca vantagem competitiva por meio da diferenciação, no primeiro modelo citado. E, no segundo caso, há uma predominância na utilização do conceito aperfeiçoado.

Palavras-chave

Design, materiais, competitividade

Abstract

The work makes an analysis of the utilization of Design's domains and strategies and its relationship with the competitiveness level of the furniture segment from the Metropolitan Region of Curitiba concerning the utilization of materials in the Design's creation, development and implementation. The research realization was supported by a case study. The work was mostly based on the theoretical support of the following variables: Design, materials and competitiveness. To set relationship standard among the variables, were raised the factors of the competitiveness success of enterprise. These factors were analyzed based on the competitiveness standards used in the furniture industry. To the conjecture of the relationship explication between competitiveness and the two other variables, the interview's data were, in the sequence, exposed to the models: Porter's generic strategies (1986) and the Design's strategies (1993). It was possible to infer from the result of this exposition that the enterprise searches competitive advantage by the differentiation in the former model. And in the second case, there is a predominance of the improved concept utilization.

Keywords

Design, materials, competitiveness

References



ANTUNES JR., José Antônio Valle (coord.). Competitividade e tecnologia: análise e perspectivas da indústria moveleira do Rio Grande do Sul. Secretaria de Ciência e Tecnologia/Banco de Desenvolvimento do Estado do Rio Grande do Sul S/A - BADESUL, IDERGS/ Sistema FIERGS, 1991.

BACIC, M. J. e SOUZA, M. C. A. F. Pensando Políticas Públicas para as pequenas e médias empresas: importância das formas de inserção e as condições de apropriação dos beneficios. In: REE. Brasília, 1998. p.03-16.

BARDI, P. M. Excursão ao território do Design. São Paulo: Banco Sudameris Brasil, 1986.

BASTOS, Cleverson e KELLER, Vicente. Aprendendo a aprender introdução à metodologia científica. Petrópolis: Editora Vozes, 1996.

BAXTER, Mike. Projeto de produto. São Paulo: Editora Edgard Blücher Ltda., 1995.

BONSIEPE, Gui. A "tecnologia" da tecnologia. São Paulo: Editora Edgard Blücher Ltda. 1983.

_____. Design: do material ao digital. Florianópolis: FIESC/IEL, 1997.

BONSIEPE, Gui, WALKER, Rodrigo. Um experimento em projeto de produto/Desenho Industrial. Brasília: CNPq/Coordenação Editorial, 1983.

CERQUEIRA, Nelson. O Design e a competitividade empresarial. Guia para orientação. Salvador: Publicação no Brasil Instituto Euvaldo Lodi/Sudene/Bahia Design, 1994.

CORIAT, Benjamin. Ciência, técnica y capital. Madrid: H. Blume Ediciones, 1976.

COUTINHO, Luciano (coord.). Design na Indústria brasileira de móveis. Campinas: SEBRAE/FINEP/ABIMÓVEL/FECAMP/UNICAMP/IE/NEIT, 1999.

COUTINHO, Luciano e FERRAZ, João Carlos (coords). Estudos da competitividade da indústria brasileira. Campinas: UNICAMP / Papirus, 1994.

DE MORAES. Limites do Design. São Paulo: Editora Studio Nobel, 1997.

DOBLIN GROUP RESEARCH, Genericdesign estrategies-An executive summary(paper). Chicago: set., 1993.

ESTRATÉGIAS SETORIAIS - Setor: Moveleiro (Móveis e Madeiras) - Documento de Trabalho. Brasília: Departamento da Indústria e do Comércio, nov., 1990.

FERRAZ, João Carlos; HAGUENAUER, Lia e KUPFER, David. Made in Brazil. Desafios competitivos para a indústria. Rio de janeiro: Editora Campus Ltda., 1997.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ed. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira S. A., 1986.

FERREIRA, Manoel P. Introdução ao Desenho Industrial. Rio de Janeiro: Confederação Nacional da Indústria - Departamento de Assistência a Média e Pequena Indústria, 1980.

FERREIRA, Maria Cristina (org.). Normas e orientações para apresentação de trabalhos acadêmicos. Curitiba: Faculdade de Administração e Economia - FAE, 1995.

FONTOURA, Ivens. Móvel, o melhor amigo do homem. Revista do SIMOV, Curitiba, ano 01, n.01, p.4, jun./jul. 2000.

GALEANO, Eduardo. As veias abertas da América Latina. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1996.

GAPSKI, Maria Leni et al. Contextualização da arte, da técnica e da tecnologia no Design Industrial: um estudo de caso na empresa Electrolux. Curitiba, 1997. 86p. Trabalho de disciplinas de Mestrado, Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná .

GUIMARÃES, Ana Lúcia Santos Verdasca. Diagnóstico Industrial: Desenvolvimento de Produtos. Curitiba, 1999. 130 p., Dissertação (Mestrado em Inovação Tecnológica) - Programa Pós-graduação em Educação, CEFET-PR.

HAWKEN, Paul; LOVINS, Amory e LOVINS, L. Hunter. Capitalismo Natural. Criando a próxima Revolução Industrial. São Paulo: Cultrix, 1999.

HESKETT, John. Integrating Design into industry. Design Processes Newsletter. In: MAGALHÃES, Cláudio Freitas de. Design estratégico: integração e ação do design industrial dentro das empresas. Rio de Janeiro: SENAI/DN, SENAI/CETIQT, CNPq, IBICT, TIB, 1997. p. 17-17.

INDICADORES DE COMPETITIVIDADE PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS INDUSTRIAIS NO BRASIL. Brasília: Edição SEBRAE/UFRJ-IEI, 1993.

JACOBS, Dirk. O valor de produtos. Fórum ICSID Design no Mercosul. Anais do 1 Fórum ICSID Design no Mercosul. Florianópolis: SENAI/LBDI, 1995.

KOTLER, Philip. Administração de Marketing. São Paulo: Editora Atlas S. A., 1994.

LASTRES, H. M. M. et al. Design para a competitividade: recomendações para a política industrial no Brasil. Relatório síntese. Rio de Janeiro: Confederação Nacional da Indústria - CNI/DAMP/Núcleo de Design, 1996.

MAGALHÃES, Cláudio Freitas de. Design estratégico: integração e ação do design industrial dentro das empresas. Rio de Janeiro: SENAI/DN, SENAI/CETIQT, CNPq, IBICT, TIB, 1997.

_____. Design Estratégico: integração e ação do design industrial. Estudos em Design, Rio de Janeiro, v.3, n.1, p. 16, jul. 1995.

MANU, Alexander. O design como integração. Fórum ICSID Design no Mercosul. Anais do 1 Fórum ICSID Design no Mercosul. Florianópolis: SENAI/LBDI, 1995.

MANZINI, Ezio. The material of invention, material and design. Milão: Arcadia, 1986.

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA, DO COMÉRCIO E DO TURISMO, POLÍTICA INDUSTRIAL E DE COMÉRCIO EXTERIOR, Programa brasileiro do Design. Brasília: CNI, SEBRAE, 1997.

MOTOYAMA, Shozo (org.). Tecnologia e industrialização no Brasil. São Paulo: UNESP / CEETEPS, 1994.

NAHUZ, Márcio Augusto R. Uso nobre para madeira comum. Anais do Seminário Materiais & Design, 1997. São Carlos: IBICT/CNPq/Federação e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo/ Universidade Federal de São Carlos, 1998.

PALADINI, Edson Pacheco. Qualidade total na prática. 2.ed. São Paulo: Editora Atlas S. A., 1997.

PASSOS, C. A K. Novos Modelos de Gestão e as Informações. In LASTRES, H. M. M., ALBAGLI, S., Informação e Globalização na Era do Conhecimento. Rio de Janeiro. Campus, 1999, p. 58-83

POPCORN, Faith. O relatório Popcorn. Rio de Janeiro: Editora Campus Ltda., 1997.

PORTER, Michael. Estratégia competitiva: técnicas para a análise da indústria e da concorrência. Rio de Janeiro: Editora Campus Ltda., 1986.

_______. Vantagem competitiva. Rio de Janeiro: Editora Campus Ltda., 1992.

PROGRAMA DE APOIO TECNOLÓGICO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS - PATME. Programa de extensão tecnológica para a área de Design moveleiro. Relatório de trabalho. Curitiba: Merege Design. Consultoria em Design de produto, 1996.

PROGRAMA SÃO PAULO DESIGN - Diagnósticos setoriais. São Paulo: Governo do Estado de São Paulo/Programa Brasileiro de Design/Instituto de Pesquisas Tecnológicas/FIESP-CIESP, 1997, CD ROM.

PUERTO, Henry Benavides. Design e inovação tecnológica. Coletânea de idéias para construir um discurso. Salvador: IEL/Programa Bahia Design, 1996.

____. Relação e ingerência do desenho industrial no processo de inovação tecnológica no contexto brasileiro. O papel dos designers industriais nos institutos de pesquisa aplicada. São Paulo: 1997, 197p. Dissertação (Mestrado em Estruturas Ambientais Urbanas) - Curso de Pós-graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - FAU, Universidade de São Paulo - USP.

RANGEL, Armênio de Souza (elaboração). Estudo da competitividade da indústria brasileira - Competitividade da indústria de móveis de madeira (mimeo). Campinas: IE/UNICAMP/-IEI/UFRJ-FDC-FUNCEX, 1993.

RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro. São Paulo: Editora Companhia das Letras, 1995.

SCHULMANN, Denis. O Desenho Industrial. Campinas: Papirus, 1994.

SEIBEL, Silene (coord). Made in Brazil. Benchmarking da prática e performance da produção Industrial. Florianópolis: IEL/FIESC, 1998.

SLACK, Nigel et al Administração da produção. São Paulo: Editora Atlas S. A., 1997.

SILVA, Edna da e MENEZES, Estera Muszkat. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação (mimeo). Florianópolis: Universidade Federal e Santa Catarina / Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção / Laboratório de Ensino a Distância, 2000.

SUNKEL, Osvaldo e PAZ, Pedro. El subdesarrollo y la teoria dei desarollo. México: Siglo XXI Editores, 1970.

SUZIGAN, Wilson. Indústria brasileira: origem e desenvolvimento. São Paulo: Editora Brasiliense, 1986.

TEIXEIRA, Joselena de Almeida. Design & Materiais. Curitiba: Editora CEFET-PR, 1999.

ZACCAI, Gianfranco. O desenho industrial como uma ferramenta estratégica de desenvolvimento econômico. Fórum ICSID Design no Mercosul. Anais do 1 Fórum ICSID Design no Mercosul. Florianópolis: SENAI/LBDI, 1995.
5883a4167f8c9da00c8b479a 1574685864 Articles
Links & Downloads

Production

Share this page
Page Sections