Production
https://prod.org.br/article/doi/10.1590/S0103-65131999000400003
Production
Article

Análise ergonômica do trabalho e projeto organizacional: uma discussão comparada

Análise ergonômica do trabalho e projeto organizacional: uma discussão comparada

Salerno, Mario Sergio

Downloads: 0
Views: 112

Resumo

É proposta uma discussão metodológica comparada entre a análise ergonômica do trabalho e o projeto organizacional de forma mais ampla. Partindo de uma breve consideração das suas características e dos seus limites, discute-se possibilidades, dificuldades, limites e oportunidades para a abordagem conjunta e metodologicamente controlada da análise ergonômica do trabalho e do projeto organizacional.

Palavras-chave

Trabalho, organização, projeto organizacional, ergonomia, metodologia de projeto

Abstract

The paper proposes a methodological discussion comparing organisational design and ergonomical analysis of work (the French way of ergonomics). Firstly, a characterisation of both issues and their limits is discussed. Then, the paper considers the possibilities, difficulties, limits and opportunities for a joint approach, with methodological care, of organisational design and ergonomical analysis of work

Keywords

Labour, work organisation, organisational design, ergonomics, design methodology

References



ANTUNES JR, JOSÉ A. V. O mecanismo da função de produção: a análise dos sistemas produtivos do ponto de vista de uma rede de processos e operações. Produção, v.4, n.1, jul.1994. p.33-46

BENNATI, ROBERTO. L'analise del lavoro: una hipótese di percorso. In: MARCHISIO, Oscar; FIOM TERRITORIALE DI BOLOGNA., a cura di. Frammenti di sindacato: dai casi ai contratti. Milano, Franco Angeli, 1990. cap.5, p.70-79.

BENDERS, JOS; DE HAAN, JOB; BENNETT, DAVID., ed. The symbiosis of work and technology. London, Taylor&Francis, 1995.

CLOT, YVES. Le travail sans l'homme?: pour une psychologie des millieux de travail et de vie. Paris, La Decouverte, 1995.

DANIELLOU, François. Ergonomie et projets industriels. Paris, CNAM, 1989.

______. L'operateur, la vanne, l'écran: l'ergonomie des salles de controle. Paris, ANACT, 1986 (Collection outils et méthodes)

______; LAVILE, ANTOINE; TEIGER, CATHERINE. Ficção e realidade do trabalho operário. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, v.17, n.68, p.7-13, out./dez. 1989.

DEJOURS, CHRISTOPHE. A loucura do trabalho. São Paulo, Oboré, 1987.

EHN, PELLE. L' INFORMÁTICA E IL LAVORO HUMANO: la progettazione orientata al lavoro di manufatti informatici. Roma, Meta, 1990.

FERREIRA, LEDA L.; MACIEL, REGINA H. A digitação vista pelos digitadores. In: SEMINÁRIO PADRÕES TECNOLÓGICOS E POLÍTICAS DE GESTÃO: processos de trabalho na indústria brasileira. São Paulo, 1988. Anais. São Paulo, DPCT-IG-UNICAMP/DE-FFLCH-USP/DA-FEA-USP, 1988. p.457-478.

KEYSER, VERONIQUE. Structuring of knowledge of operators in case of incident:some lines of thought In: HOLLNAGET, E. et alii. Intelligent decision support in process environments. New York, John Wiley, 1987. Cap.22, p.247-259.

MINTZBERG, HENRY. Structures in fives: designing effective organizations. Englewood Cliffs, Prentice Hall, 1993.

MONTMOLLIN, MAURICE. L'intelligence de la tâche: eléments d'ergonomie cognitive. 2.ed. Berne, 1986.

NIZET, JEAN; PICHAULT, FRANÇOIS. Compreendre les organisations: Mintzberg à l'épreuve des faits. Paris, Gaètan Morin, 1995.

PINSKY, L.; THEUREAU, J. L'étude du cours d'action: analyse du travail et conception ergonomique. Paris, CNAM, 1987.

SALERNO, MARIO S. Mudança organizacional e trabalho direto em função de flexibilidade e performance da produção industrial Produção, v.4, n.1, jul. 1994. p.5-22.

______; SNELWAR, LAERTE I. Inovação tecnológica, reestruturação produtiva e reconcepção do trabalho humano. In: SIMPÓSIO GESTÃO DA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA, 18., São Paulo, 24-6 out. 1994. Anais. São Paulo, USP, 1994. p.1140-52.

SHINGO, SHIGEO. Zero quality control: source inspection and the poka yoke system. Cambridge, Productivity Press, 1986. Apud ANTUNES Jr, José A. V. O mecanismo da função de produção: a análise dos sistemas produtivos do pponto de vista de uma rede de processos e operações. Produção, v.4, n.1, jul.1994. p.33-46

SNELWAR, LAERTE ET AL. Análise ergonômica da atividade de digitação. São Paulo, FCAV-EPUSP/PRO, 1994. /mimeo/

SITTER, L.U.; DANKBAAR, B.; HERTOG, J.F. Designining simple organisations and complex jobs. Maastricht, Maastricht Economic Research Institute on Innovation and Technology , 1994. (MERIT RM2/94012)

TAYLOR, FREDERICK W. Princípios de administração científica. 7.ed., São Paulo, Atlas, 1978.

TERSSAC, GILBERT. L'autonomie dans le travail. Paris, PUF, 1992.

VELTZ, PIERRE; ZARIFIAN, PHILIPPE. Vers de nouveaux modèles d'organisation? Sociologie du travail, v.XXXV, n.1, 1993, p.3-25.

WISNER, ALAIN. Por dentro do trabalho. São Paulo, Oboré/FTD, 1987.

ZARIFIAN, PHILIPPE. La nouvelle productivité. Paris, L'Harmattan, 1990.

______. Le travail et l'évenement. Paris, L'Harmattan, 1995.

______. Travail et communication. Paris, L'Harmattan, 1996.
5883a41a7f8c9da00c8b47ab 1574685864 Articles
Links & Downloads

Production

Share this page
Page Sections