Production
https://prod.org.br/article/doi/10.1590/S0103-65131997000100001
Production
Article

Competitividade, capacitação e aprendizagem tecnológica na indústria de máquinas têxteis

Competitividade, capacitação e aprendizagem tecnológica na indústria de máquinas têxteis

Serra, Neusa; Plonski, Guilherme Ary

Downloads: 0
Views: 199

Resumo

Este artigo procura demonstrar como se dão as relações entre tecnologia e competitividade, a partir de um estudo exploratório da capacitação tecnológica na indústria brasileira de máquinas têxteis, realizado com base em pesquisa de campo em empresas selecionadas. O estudo forneceu evidências de que a industria brasileira de máquinas têxteis é mais competitiva em produtos onde a evolução tecnológica tem se dado num ritmo mais lento e naqueles mais intensivos em trabalho e que requerem estreita relação com os clientes, como as máquinas de acabamento sob encomenda.

Palavras-chave

competitividade, capacitação tecnológica, aprendizagem

Abstract

The purpose of this paper is to show the relationship between technology and competitiveness, out of an exploratory study of the tecnological capability of the Brazilian textile machine industry. The study was supported by a number of interviews in selected companies Evidences from the study indicated that Brazilian textile machines that tended to be more competitive are those in which the technological progress tended to be slow and those whose production process requires more labor content and closer interactive relationship between producers and clients, such as finishing machines ordered by request.

Keywords

competitiveness, technological capability, aprenticeship

References



BELL, M. Learning and the accumulation of industrial technological capacity in developing countries. In: FRANSMAN, M.; KING, K. (Eds) Technological capability in the third world. New York, St. Martin, 1984. p. 187-209, cap.4

DAHLMAN, C.J.; ROSS-LARSON, B.; WESTPHAL, L.E. Managing technological development: lessons from the newly industrializing countries. Washington D.C., World Bank, 1985. 55p. (Word Bank Staff Working Paper n.717)

FLEURY, A. Qualidade, produtividade e competitividade: abordagem comparativa entre França e Brasil. Revista de Administração, v.29, n.2, p.20-31, abr./jun. 1994.

FREEMAN, C. The economics of industrial innovation. 2.ed. Cambridge Mass., MIT Press, 1982. Cap. 7-8, p. 148-86.

SATO, H. Máquinas: o alicerce para a industrialização. Textília-Têxteis Interamericanos, v.5, n.18, p.24-7, set./ nov. 1995.
5883a4227f8c9da00c8b47ce 1574685864 Articles
Links & Downloads

Production

Share this page
Page Sections